jusbrasil.com.br
28 de Setembro de 2016
    Adicione tópicos

    Conheça a cidade onde o Brasil vai jogar os primeiros jogos da Copa

    Folha Online
    Publicado por Folha Online
    há 7 anos

    Siphiwe Sibeko/Reuters FNB Stadium, na cidade Johannesburgo, palco da Copa do Mundo da África do Sul O pontapé inicial para a Copa do Mundo da África do Sul já foi dado com o sorteio dos grupos do torneio. O Brasil terá adversários equilibrados, como Portugal e Costa do Marfim, além da misteriosa Coreia do Norte. A data de estreia da seleção é dia 15 de junho de 2010, contra o país asiático, em Johannesburgo.

    Conheça atrações das cidades que vão sediar a Copa do Mundo da África do Sul

    A cidade que vai respirar futebol nos meses de junho e julho do ano que vem tem muitas atrações para quem vai visitar o país durante o Mundial. A Livraria da Folha selecionou os principais passeios de Johannesburgo, como o Carlton Centre, o prédio mais alto do continente africano.

    A seguir, confira trechos do "Guia Visual África do Sul" com dicas para explorar a cidade:

    *

    Divulgação Johannesburgo

    A densamente povoada Johannesburgo é o centro financeiro e comercial do país. A cidade tem muitos nomes e a maioria deles, como Egoli e Gauteng, significa "lugar do ouro". De fato, ouro e, é claro, glamour sempre andam juntos por aqui, um lugar que em pouco mais de um século passou do primitivo campo de mineração a metrópole. Ela pulsa com vigor empreendedor, ao mesmo tempo que mantém o espírito de uma cidade de fronteira. Fica a uma altitude de 1763m acima do nível do mar, mas na mina de ouro Western Deep, o veio fica a incríveis 3.777m abaixo do solo.

    Como explorar Johannesburgo

    Johannesburgo está mudando muito e os bairros outrora calmos de Seton e Reburg, ao norte, estão se tornando endereços residenciais elegantes. O centro da cidade, porém, tem vários locais interessantes.

    Não é seguro andar a pé e o transporte público é falho, portanto, é melhor recorrer a passeios organizados.

    Centro

    University of the Witwatersrand

    Entalhes e objetos cerimoniais e rituais africanos podem ser vistos na Gertrude Posel Gallery, no campus.

    A James Kitching Gallery do Bernard Price Institute tem a maior coleção de fósseis pré-históricos do país.

    Mark Theatre Complex

    O Mark Theatre Complex é o centro do Newtown Culture Precinct, que inclui o SAB World of Beer, o Worker's Museum and Library, e o MuseuMAfricA. Foi feito um grande esforço para tornar o Newtown um lugar seguro de visitar.

    Outrora um mercado de frutas indiano, abriga três teatros, duas galerias de arte, restaurantes, cafés e lojas. Sábado de manhã, há um mercado de pulgas na praça em frente, com todo tipo de bugigangas.

    Defronte ao Market Theatre, porém parte do complexo, o Africana Museum (1935) foi reaberto em 1994 como MuseuMAfricA. O tema é Johannesburgo em vários estágios de transformação sócio-política.

    A oeste do Market Theatre na Jeppe Street, o bazar Oriental Plaza é permeado pelo aroma exótico de especiarias orientais. Tem 300 lojas e barracas que vendem tudo, de tapetes a roupas. Muitos comerciantes descendem dos indianos que vieram para Witwatersrand no século 19, quando seus contratos nos canaviais expiraram.

    Johannesburg Stock Exchange Building

    Este belo edifício de paredes de vidro fica no centro, em meio a ambulantes e lojinhas que vendem de baldes de plástico a cobertores e tradicionais remédios feitos de ervas. Um de seus andares sediava a Bolsa de Valores de Johannesburgo (JSE), a qual mudou-se para outro local em Seton.

    SAB World of Beer

    Fundada em 1895, a South African Breweries (SAB) é a maior cervejaria do mundo em termos de volume, produzindo 150 marcas e 120 milhões de barris por ano. Este museu moderno mostra a longa história da empresa de forma divertida. Tem mostras sobre o desenvolvimento da cerveja na antiga Mesopotâmia e como essa técnica chegou à África e à Europa, com excelentes reconstruções de um pub na "corrida do ouro", um tradicional shabeen de Soweto e uma cervejaria em tamanho natural que mostra todo o processo de fermentação.

    No fim do passeio, os adultos ganham duas frosties geladas e menores de 18 anos podem optar entre vários coquetéis sem álcool.

    KwaZulu Muti

    Esta farmácia herborista representa um lado tradicional da África que é parte do cotidiano dos sul-africanos. Aqui são vendidas várias ervas e plantas secas e frescas. No entanto, nem todos os remédios e poções são ervas. O estoque fascinante inclui peles, ossos, chifres e patas de animais, assim como morcegos, sapos e insetos secos.

    Johannesburg Central Police Station

    Outrora conhecida como a infame John Vorster Square, aqui ficava o centro nervoso da repressão do apartheid, um lugar tão sinistro quanto os porões da KGB ou da Gestapo. O discreto edifício azul e branco era a sede do temido Departamento de Segurança, onde muitos foram detidos, torturados e mortos. Com novo nome, o local ainda funciona como posto policial.

    Standard Bank Art Gallery

    O cenário inusitado de um banco esconde uma sofisticada galeria que serve de vitrine para talentosos artistas locais e internacionais. Além de exposições temporárias, o local exibe parte do vasto acervo do Standard Bank. Iniciado como um projeto informal, o acervo foi crescendo com aquisições sucessivas de obra de arte pela presidência do banco. A galeria mostra dados sobre a coleção e a fina arte africana. O edifício também abriga recitais e concertos.

    Do outro lado da rua, na sede do Standard Bank, fica o Ferreira's Stope -um antigo poço de mina que conta com um pequeno museu.

    Gandhi Square

    Construída em 1893 como a Government Square, essa praça no principal bairro comercial passou por muitas transformações. Em 1949 foi remodelada e renomeada de Van der Byl Square em homenagem a um proeminente político local. Depois a área virou uma anárquica estação de ônibus antes de ser totalmente reformada em 2002, como parte de uma vasta reurbanização do bairro no entorno. A praça então ganhou o nome do político indiano Mahatma Gandhi, que veio para Johanesburgo em 1903 e atuou como advogado e ativista de direitos civis. Suas atividades faziam com que ele viesse muito à Transvaal Law Courts (agora demolida), que ficava na praça.

    Em 2003, uma estátua em tamanho natural de Gandhi, feita pelo escultor Trinka Christopher, foi colocada aqui. Ainda há ônibus circulando na área, porém de forma mais ordenada, e hoje belas lojas, restaurantes e cafés ficam no lado sul da praça. Uma graciosa arcada foi acrescentada em 2005 para servir de elo com a Marshall Street; e o espaço criado para varejo foi vendido em questão de poucos dias.

    Carlton Centre

    Março da região central, o Carlton Centre tem 50 andares e 223 m de altura, o que o torna o edifício mais alto do continente africano. Mediante uma pequena taxa, pode-se ir de elevador até o deque panorâmico Top of Africa, no 50º andar, onde há lindas vistas da cidade. O edifício foi concluído em 1973 como parte de um complexo hoteleiro 5 estrelas, o qual foi vendido em 1999 para a Transnet, a organização encarregada dos transportes na África do Sul.

    O Carlton Centre é ligado ao Carlton Hotel por um shopping center subterrâneo, no qual há mais de 180 lojas, vários restaurantes e um ringue de patinação no gelo. O piso térreo tem um posto de informações para turistas, uma popular Plaza e o maior estacionamento do país, além de uma arcada.

    Johannesburg Art Gallery and Sculpture Park

    Esta galeria no Joubert Park tem mostras de arte sul-africana tradicional, histórica e moderna, além de obras de escolas europeias. Há também coleções de cerâmica, escultura, móveis e tecidos.

    O parque virou ponto de malandros, portanto, cuidado.

    Constitution Hill

    Este local notável é um museu vivo sobre o passado turbulento da África do Sul e sua transição para a democracia. Aqui fica o Old Fort Prison Complex, que funcionou por mais de um século e teve Nelson Mandela como prisioneiro. A Corte Constitucional da África do Sul, criada em 1994 após as primeiras eleições democráticas do país, agora ocupa o lado leste do complexo.

    Hillbrow

    Um dos subúrbios mais antigos de Johannesburgo, Hillbrow é densamente povoado e tem muitos restaurantes e locais de diversão. A criminalidade é alta, portanto, venha em um passeio organizado.

    Ellis Park Sports Stadium

    Sede do time de rúgbi Gauteng Lions, o estádio de 60 mil lugares é datado de 1982. Abriga jogos regulares e ocasionais, e uma piscina olímpica.

    Arredores:

    O Santarama Miniland tem marcantes edifícios reconstruídos.

    South African National Museum of Military History

    Inaugurado pelo então primeiro-ministro e marechal de campo Jan Smuts em 1947 para comemorar o papel da África do Sul nas duas guerras mundiais, este museu notável também cobre a Guerra Anglo-Zulu, a Guerra Anglo-Boer e os movimentos de resistência sul-africanos. Tem mais de 44 mil itens à mostra, divididos em 37 categorias, incluindo a arte bélica oficial do país e coleções de fotografias de guerra. Tem também uma vasta biblioteca com livros, diários e material de arquivo, além de alguns aviões militares raríssimos, como a única versão de caça noturno do temido avião alemão Me 262.

    Flávio Florido/Folha Imagem Imagem do Nelson Mandela Square, em Johannesburgo, na África so Sul Apartheid Museum

    Os dias mais sombrios do passado turbulento da África do Sul são evocados neste museu fascinante. Para intensificar o clima, há entradas separadas para brancos e negros.Documentando o triunfo do espírito humano sobre a adversidade, as mostras lembram a política do apartheid implantada pelo Partido Nacional a partir de 1948, a qual tornou 20 milhões de não-brancos cidadãos oficialmente de segunda classe. Uma sala exibe 131 nós, representando o número de prisioneiros políticos enforcados durante o apartheid, imagens da BBC de 1961 de Nelson Mandela escondido das autoridades e várias fotos tiradas por Ernest Cole antes de ser enviado ao exílio no fim da década de 1960.

    *

    Guia Visual África do Sul

    Autor: Dorling Kindersley

    Editora: Publifolha

    Páginas: 432

    Quanto: R$ 97,00

    Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

    Disponível em: http://folha-online.jusbrasil.com.br/noticias/2028359/conheca-a-cidade-onde-o-brasil-vai-jogar-os-primeiros-jogos-da-copa

    0 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)